Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ânus

08.09.19

S. m.; do Lat. anus 

 

Orifício terminal do intestino por onde são expelidos excrementos e gases tendencialmente nauseabundos (ver flatulência); 1. Sexo, virgindade e pornografia: o sexo anal tem um papel essencial na sexualidade masculina homossexual e opcional na sexualidade de tipo heterossexual; entre jovens de determinadas orientações religiosas, diz-se que é um bom compromisso entre a preservação técnica da virgindade na mulher e a concretização da pulsão animal. Na pornografia – mundo sempre na fronteira da invenção tecnológica- o sexo anal contribuiu para o desenvolvimento de lentes de macro tipo olho-de-peixe. 2. Fisionomia: o termo “cara de cu” cobre um vasto leque de expressões faciais, mas parece ser inefável: todos sabem reconhecer uma, mas ninguém as consegue definir. 3. Geografia: o ~ de Judas é um lugar remoto que ninguém sabe exactamente onde fica, mas servido por uma rede rodoviária mais vasta que a da Roma Imperial. 4. Freudulês: Sigmund Freud identificou três fases no desenvolvimento psicossexual: a fase oral, a fase anal e a fase fálica. Na terminologia freudiana, o retentivo-anal não evoluiu para a fase fálica e desenvolveu uma obsessão com o asseio. Na linguagem popular, o retentivo-anal é aquele que se preocupa em demasia com detalhes, a etiqueta, que é intransigente e incapaz de se descontrair. A postura do retentivo-anal é pouco útil, excepto em caso de diarreia sem papel higiénico ou bidé nas imediações; aí, um domínio do esfíncter anal é mais do que recomendável e o termo reconcilia-se com a sua definição original. 5. Biologia do Desenvolvimento: tema tabu, ou então presença incontornável nos delírios de devassidão e escatologia, é negado ao ~ um estatuto nobre. Só o dizer “it´s a dirty job but someone has to do it” parece fazer-lhe justiça, e a ocasional bufa num elevador com apenas duas pessoas em caso algum de ser motivo para nos antagonizarmos com aquela recôndita parte da nossa anatomia. De resto, de todos os orifícios que o corpo humano apresenta, o ~ é o primeiro a surgir, logo na gástrula, sendo por isso o buraco primogénito. Ora, entre o respeito exigido ao filho tonto e macho de uma qualquer realeza e aquele que devemos ao ~, há muito para reconsiderar, sobretudo em regimes monárquicos sem representação parlamentar. 6. Zoologia: anfíbios, répteis e aves desenvolveram uma estrutura onde vão entroncar os sistemas excretor, digestivo e genital, a cloaca, o que faz do sapo retentivo-anal a criatura mais infeliz à face da Terra.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Vasco M. Barreto

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D